O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Origens

A FRA teve origem na Europa, fundada e organizada por um Iniciado alemão, o Dr. Arnold Krumm-Heller. Sua sede na Alemanha era em Marburg/Lahn, enquanto seu fundador viveu.

Depois da Segunda Grande Guerra, o Mestre mostrou desejo de transferir a Direção Suprema - o Summum Supremum Sanctuarium - para o Planalto Central do Brasil, tendo enviado ao Brasil seu discípulo - o Dr. Albert Wolff - para dar prosseguimento ao seu desejo. Infelizmente o Dr. Wolff faleceu, no Brasil, antes de poder realizar sua missão em terras brasileiras.

No Brasil, fundou-se a FRA a 27 de fevereiro de 1933, em São Paulo e em 27 de julho do mesmo ano no Rio de Janeiro - então capital do país. Foi a irmã Raquel Prado, ilustre escritora, iniciada em São Paulo, que estando no Rio de Janeiro, procurou pelo seu amigo, o Dr. Domingos Magarinos, com quem firmou a idéia de trazer o Mestre Cambareri - discípulo e representante do Soberano Grã Comendador Dr. Krumm-Heller - ao Rio para aqui fundar outro Ramo da FRA. Cambareri trouxe de São Paulo o irmão Joaquim Soares de Oliveira para secretariar a ata de fundação.

No mês de novembro de 1936 o Dr. Krumm-Heller chegou ao Rio de Janeiro como passageiro do navio “General Artigas”, sendo recebido por números adeptos de várias organizações espiritualistas e muitos jornalistas, tendo se hospedado na casa do Irmão J. Nicolau Tinoco, em Copacabana.

Durante sua permanência no Brasil, realizou palestras científicas no Rio, São Paulo e em campos. No Rio consolidou a instalação da Igreja Gnóstica, celebrando Missa, sendo um deles o do Dr. Duval Ernani de Paula – (que seria o 2º Comendador da FRA) Coaracyporã – com a nossa saudosa Irmã Aida Rosa Viana de Paula e sagrou o Comendador Thurizar com o título de Bispo Gnóstico.