Blog da FRA - Blog da FRA

BLOG
Fraternitas Rosicruciana Antiqua
FRA
BLOG
Ir para o conteúdo

Natal Interior

Blog da FRA
18 Dezembro 2019
Estamos no mês do Natal, uma grande festividade de vários povos ao redor do planeta.

Alguns entendem o Natal como a data do nascimento do Mestre Jesus, porém os estudos garantem-nos que Jesus não nasceu no dia 25 de dezembro, trata-se de uma data simbólica e, universalmente aceita como o dia do nascimento dos "Salvadores", dos "Cristos", desde antes do nascimento de Jesus. Apesar dos nomes diferentes dos fundadores das religiões, todos eram Filhos Divinos dessa força fecundante e de uma Mãe Virgem cujos nomes foram Devaki, a mãe de Krishna, Ishtar, a mãe de Tammuz (representada com uma coroa de estrelas e pisando sobre um crescente lunar) Isis, a mãe de Hórus,  Sêmele, mãe de Dionísios ou Baco, Maria, Mãe de Jesus, Maya, a mãe de Buda,  sempre representando o 3º Aspecto da Divindade.

Para outros trata-se de um fragmento do chamado "Drama Solar", que retrata as posições do Sol, quando observado, geocentricamente, em sua  marcha pelo zodíaco. A história do Natal seria, em verdade,  relacionada com o Chrestos-Solar e podemos compreendê-la perfeitamente se relacionar-mos as figuras e passagens do Evangelho com os componentes do Sistema Solar, os signos do Zodiaco  e as Constelações.

O Rosa-Cruz ou  Cristão Rosa-Cruz (Christian Rosenkreuz), também possui sua própria interpretação esotérica do Natal, os rosa-cruzes entendem o Natal como sendo o nascimento do cristo, mas não só do Cristo nascido em Jesus, mas do cristo quando ele nasce em cada um de nós, no seu devido tempo e como "colheita" de nossas múltiplas vidas dedicadas à preparação deste novo nascimento interior.

Os Rosa-Cruzes apreciam a frase iniciática escrita por Angelus Silesius, ao redor de 1674, que diz: "Mil vezes nascesse Cristo em Belém, e não em ti, ficarias perdido eternamente." Esta frase sintetiza o "Natal Iniciatico dos Rosa-Cruzes". Nosso Natal, só ocorrerá quando o Cristo nascer, se formar em nós em pensamentos, sentimentos e ações diuturnos. Nesse momento dizemos que o Natal pessoal desse ser, que agora denominamos um Iniciado, está ocorrendo.

A este Natal pessoal também chamamos de Iluminação Espiritual, sendo ele a meta proposta por nossa Fraternidade para todos os seus membros, que estudam, praticam e vivem, no dia-a-dia, os ensinamentos rosa-cruzes contidos em nossos cursos, em nossas aulas e em nossas vivências espirituais. Isto dito, podemos dizer que o Natal é uma festa  tanto de natureza Cósmica como humana e representava, a nível cósmico, o início do retorno do Sol, ao hemisfério norte do Planeta e, a nível humano, a transmutação do homem animal em Ser espiritual, pelo nascimento do Cristo-Criança, na manjedoura de seu coração

Porém, é necessário que, primeiramente, despertemos nosso Cristo Interno para que a seguir, possamos então conhecer e entender, intimamente o Cristo Externo, nosso Logos Solar. Assim como disse o nosso Mestre Huiracocha "Fixemos nossa mente no Sol como essência da sua Luz, que é, em si mesma, o Reino do Céu – a SUBSTÂNCIA CRISTÔNICA – esparsa por todo o Cosmos. Assim devemos compreender o Cristo na sua qualidade de Substância Íntima e Solar.

Desejo a  todos do íntimo de meu coração, um Feliz  Natal Interior, que as rosas floresçam em vossa cruz!



webmaster Luiz Martin
Fraternitas Rosicruciana Antiqua
Rua Saboia Lima, 77 - Tijuca
Rio de Janeiro - RJ - Brasil 20521-250
Fone:    21-2254-7350
             WhatsApp:   21-99103-9367
       (somente transmissão de dados)
BLOG
Aula Lucis Central
Voltar para o conteúdo