Biografia dos Mestres - Fraternitas Rosicruciana Antiqua - Site Oficial do Brasil

Fraternitas Rosicruciana Antiqua
Site Oficial do Brasil
Aula Lucis Central
FRA
Ir para o conteúdo
História > Biografia dos Mestres
PASCAL BEVERLY RANDOLPH

Dentre todos os Magos, filósofos e poetas do Século XIX, não há ninguém mais misterioso que Pascal Beverly Randolph. Ele era famoso em seu tempo por causa de suas novelas e seus tratados teóricos pioneiros nas áreas da medicina e da psicologia.  Entre seus amigos, estavam Abraham Lincoln, Napoleon III, Eliphas Levi, Lord Bulwer-Lytton e Charles Mackay. Pascal Beverly Randolph,  

PASCAL BEVERLY RANDOLPH publicou, ao longo da vida, mais de vinte livros, contando fatos de sua vida em muitos deles. Se a vida de PASCAL BEVERLY RANDOLPH tinha um tema, esse tema era o Amor. Seu "motto" pessoal era: "TENTE". (TRY) Ele foi um defensor dos direitos da mulher muito antes de se pensar em "movimento feminista".

Ao romper da Guerra Civil, o Dr. PASCAL BEVERLY RANDOLPH visitou a Califórnia, aonde palestrou, por dez semanas, sobre a doutrina Rosacruz, posteriormente fundando a primeira Loja Rosacruz naquele Estado. Depois disso, PASCAL BEVERLY RANDOLPH partiu em viagem para o exterior - Inglaterra, Escócia, Irlanda, França, Malta, Egipto, Arábia, Síria, Palestina, Turquia, Grécia e outros Países. Durante esse período, PASCAL BEVERLY RANDOLPH recebeu altas iniciações no Grand Dome da Rosacruz de Paris, França. Esteve com o famoso Mago Eliphas Levi e Napoleon III, com os quais participou de ritos secretos. Nessa viagem foi que compilou material para sua famosa obra "O HOMEM PRÉ-ADAMITA", dedicada a Abraham Lincoln, seu amigo particular.

Em seu retorno aos Estados Unidos, mais precisamente a Boston, ofereceu seus serviços ao governo, tendo sido o criador de um regimento militar de soldados negros, "Black Union", conhecido também como "Fremont Legion".

Em reconhecimento a esse trabalho, Lincoln indicou PASCAL BEVERLY RANDOLPH para o cargo de "Principal of the Lincoln Memorial High Grade and Normal School", uma escola para escravos libertos, na Louisiana.

Se considerarmos seus escritos dessa época como a base da moderna tradição mágica ocidental, levando em conta que seus ensaios e livros são, no mínimo, vinte e cinco anos anteriores à criação da Golden Dawn (Aurora Dourada),  podemos dizer que sua obra é a chave para a Magia moderna! PASCAL BEVERLY RANDOLPH fundou sua Sociedade oculta em 1870, em Boston, sob o nome de "Irmandade de Eulis" ("Eulis Brotherhood"). Entre seus membros, estavam diversos médicos e cientistas, que desejavam investigar o sobrenatural de forma científica.

PASCAL BEVERLY RANDOLPH continuou, em Toledo, a editar livros e divulgar a Irmandade de Eulis, sem nunca, porém, recobrar a glória de seus dias em Paris e Boston.

Seu filho graduou-se em medicina em 1898, trabalhando como um médico de sucesso. Seu "Magnum Opus", "MAGIA SEXUALIS", editado graças a uma de suas mais dedicadas e capazes discípulas, a franco-russo-polonesa Maria de Naglowska, discorre sobre temas como a Magia Sexual operativa, os Espelhos Mágicos, a Animação Mágica de estátuas e pinturas, e sobre os Condensadores líquidos e sólidos. Esses ensinamentos formaram a base pela qual Karl Kellner, antigo iniciado da Eulis, criou seu Sistema de Magia, formando, posteriormente, a O.T.O. - Ordo Templi Orientis. Os ensinamentos mágicos de PASCAL BEVERLY RANDOLPH, porém, influenciaram outros grandes nomes do ocultismo moderno. Entre eles, poderemos citar Aleister Crowley, Franz Bardon, Austin Osman Spare e Wilhelm "Ra Omir" Quintscher. Essa influência pode ser facilmente observada nas obras desses importantes ocultistas.

Entre os autores contemporâneos, podemos citar Peter James Carroll, Frater U:. D:., Michael Bertiaux e Kenneth Grant. Importante notar que o "MAGIA SEXUALIS" só teve sessenta cópias durante a vida de PASCAL BEVERLY RANDOLPH, entregues somente aos seus mais caros discípulos; assim, seus ensinamentos permaneceram em segredo, somente ao acesso de uns poucos Iniciados, por mais de cem anos. Em respeito a esse homem e sua obra, nós devemos, no mínimo, seguir uma de suas recomendações: “TENTE!"
Fraternitas Rosicruciana Antiqua
Webmaster: Luiz Martin
Voltar para o conteúdo